Informações de contato

Rua Osvaldo Cruz, 342 – Soledade, 50050-225 – Recife/PE

Telefone:

A rede pública de saúde do município de Tabatinga, no extremo oeste do Amazonas, passará a contar, a partir desta sexta-feira, 10 de setembro, com o serviço de Profilaxia Pré-Exposição ao HIV.

A PrEP é uma forma de prevenção que combina dois medicamentos usados no tratamento de pessoas que vivem com o vírus da aids. Tomados diariamente por pessoas não-infectadas, eles impedem que o HIV se estabeleça no organismo em mais de 90% dos casos.

O lançamento em Tabatinga será a partir das 17h, no estacionamento do Aeroporto Internacional. A ação é uma parceria entre o Ministério da Saúde, as Secretarias Estadual e Municipal de Saúde, e a ONG AHF Brasil.

Haverá também duas oficinas, uma nesta quinta-feira (9), das 18h30 às 21h, no Auditório do Tele Saúde, sobre a PrEP como estratégia de prevenção para populações-chave; e outra amanhã, das 14h30 às 17h, no Auditório do Aeroporto Internacional, sobre a importância da PrEP para o serviço de saúde.

Além disso, será lançada nas redes sociais a campanha [email protected] [email protected], de informação, mobilização e conscientização sobre a PrEP.

Realidade local

Para Beto de Jesus, diretor da AHF Brasil, enfrentar as questões de saúde pública exige estratégias adaptadas à realidade de cada local.

“Por isso é tão importante implantar a PrEP em Tabatinga, um município que, por suas características sociais e geográficas, apresenta uma alta vulnerabilidade para o HIV”, avalia.

Desde 2017, a organização não-governamental desenvolve projetos de prevenção, testagem, aconselhamento, capacitação e defesa dos direitos humanos na cidade.

Com 67 mil habitantes, Tabatinga foi o quarto município no Amazonas com o maior número de casos de HIV entre 2010 e 2020, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde. Além disso, a cidade integra a lista prioritária do Ministério da Saúde para a implantação da PrEP por estar localizada na Tríplice Fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru, uma região com grande circulação de pessoas dos três países.

A PrEP estará disponível no Serviço de Atenção Especializada/SAE do município (na rua Marechal Mallet, 520 – Centro) e na Unidade Básica de Saúde do bairro Brilhante (na rua General Osório s/nº), ambas do Sistema Único de Saúde.

Para atender as pessoas, a coordenação municipal de HIV/aids, hepatites virais e outras infeccções sexualmente transmissíveis capacitou médico, enfermeiro, assistente social, farmacêutico e técnico de enfermagem.

Como é 100% segura, a PrEP é indicada para pessoas mais vulneráveis ao HIV, como homens que fazem sexo com homens, travestis e população trans, parcerias sorodiferentes (quando uma pessoa tem o vírus e a outra, não), profissionais do sexo e mulheres em situação de violência.

O método faz parte da prevenção combinada, um conjunto de estratégias de prevenção ao vírus da aids que alia o cuidado integral com as práticas sexuais e o comportamento de cada pessoa.

Share:

administrator