MULHERES SÃO O GRUPO MAIS SUSCETÍVEL AO HIV NO MUNDO

Muitos fatores estão associados à essa vulnerabilidade do grupo feminino, como casos de violência contra a mulher

De acordo com o programa das Nações Unidas para o HIV/Aids, o Unaids, cerca de 300 mil mulheres vivem com HIV no Brasil, 35% do total de pessoas infectadas pelo vírus no país. Entre as mulheres grávidas e portadoras do vírus HIV, 85% recebem tratamento antirretroviral. E a transmissão do vírus da mãe para os filhos caíram duas vezes nos últimos 20 anos.

O Unaids aponta que a situação de vulnerabilidade econômica e social, localização geográfica e casos de violência estão diretamente associados aos índices de mulheres infectadas pelo HIV. Esses pontos dificultam o acesso à prevenção, à testagem rápida e ao tratamento pós-exposição (PEP), assim como a assistência médica de qualidade.No Brasil, a Aids Healthcare Foundation (AHF) Brasil apoiou, no ano passado, a realização de 17.087 testes anti-HIV em mulheres, o equivalente a 30% de todos os exames feitos.

Para mudar a realidade de vulnerabilidade e ampliar o acesso aos testes rápidos e ao tratamento, a AHF mobiliza entidades governamentais e outras organizações sociais nos 43 países onde atua.“Embora a importância da prevenção do HIV/aids seja bastante difundida, os casos ainda aumentam em todo o mundo, e as mulheres são as mais afetadas pela epidemia, principalmente nos países em desenvolvimento.

A AHF entende que o empoderamento deste público é uma importante ferramenta para garantir uma vida segura e livre, com todos os direitos civis e sexuais assegurados”, avalia Beto de Jesus, diretor da AHF no Brasil. Em todo o mundo, segundo o Unaids, há quase 19 milhões de mulheres e meninas vivendo com HIV. Todos os anos são registrados cerca de 870 mil novos casos mundo afora. O desafio, reitera Beto de Jesus, é que seja garantido a este público, por meio de lideranças políticas e comunitárias, condições iguais e irrestritas de acesso aos serviços de saúde.

FAÇA O TESTE DE HIV. É GRÁTIS!

FAÇA O TESTE GRÁTIS HOJE

Com o teste rápido, você sabe o resultado em até 15 minutos.

SUBSCREVER

testedehivgratis.com.br

INFORMAÇÃO IMPORTANTE SOBRE A COVID-19(Coronavirus)

Diante do surto da COVID-19, é essencial tomar medidas sanitárias para reduzir o número de casos. Se você tiver tosse seca, febre e falta de ar, ligue para o seu médico e evite o contato com as pessoas. Cuidado com informações não confiáveis e saiba as medidas a serem tomadas, as informações oficiais atualizadas e os números de telefone para entrar em contato com a autoridade de saúde em

coronavirus.saude.gov.br

A Clínica do Homem do Recife reabriu nessa quinta-feira (25/03) com um novo horário (das 13:30 as 18:30h) e com novas prioridades durante o período da pandemia por coronavirus. Essa reabertura é para mantermos o compromisso com nossos usuários em tratamento de ITS e emergências.

Você que está em tratamento de alguma ITS, ou está com alguma emergência, ligue antes de vir para fazer seu agendamento: (81) 3877-6680

Se você não está sentindo nada hoje, deixe a gente cuidar de quem mais precisa agora, nesse momento só estamos atendendo àqueles que mais precisam: os que estão tendo alguma queixa. Se você não tem nenhuma queixa, e vem só testar, por favor aguarde a crise passar. Nós precisamos cuidar de quem mais precisa agora.

Dúvidas sobre infecções sexualmente transmissíveis podem ser esclarecidas pelas redes sociais da AHF Brasil (Facebook e Instagram) e pelo WhatsApp +81974001498 (das 13:30h às 21h).