Informações de contato

Rua Osvaldo Cruz, 342 – Soledade, 50050-225 – Recife/PE

Telefone:

A doença grave pela Covid-19 está associada a um aumento no risco de efeitos adversos para a saúde mental a longo prazo. O alerta é de um estudo publicado no periódico científico The Lancet Public Health nesta segunda-feira (14).

De acordo com o estudopacientes acamados por sete dias ou mais apresentaram taxas mais altas de depressão e ansiedade em comparação com pessoas que foram diagnosticadas com Covid-19 mas não passaram pela internação.

Os resultados também sugerem que, em geral, os pacientes não hospitalizados foram menos propensos a apresentar sintomas depressivos e de ansiedade até 16 meses após o diagnóstico em comparação com aqueles que nunca foram infectados pelo novo coronavírus.

A análise indicou que os sintomas de depressão e ansiedade diminuíram em cerca de dois meses para pacientes não hospitalizados. No entanto, os pacientes que ficaram acamados por sete dias ou mais permaneceram em risco aumentado de depressão e ansiedade durante o período de estudo, que contemplou 16 meses.

Leia o texto completo aqui.

Foto: Freepik

Share:

administrator

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.