Informações de contato

Rua Osvaldo Cruz, 342 – Soledade, 50050-225 – Recife/PE

Telefone:

O relacionamento entre os adolescentes e os profissionais de saúde é crucial para uma transição bem-sucedida e resultados de saúde positivos a longo prazo, revelam os resultados publicados no The Journal of the Association of Nurses in Aids Care. Os pesquisadores afirmam que há pouca ênfase na importância desse relacionamento e em como construir confiança de longo prazo com provedores adultos. Um modelo de atendimento holístico e centrado no paciente oferece melhores resultados para os adolescentes, dizem eles.

A Dra. Emily Barr e sua equipe da Universidade do Colorado realizaram uma revisão sistemática de estudos qualitativos para compreender os efeitos da relação paciente-provedor na transição para adolescentes vivendo com HIV. A revisão fez recomendações para desenvolver relacionamentos de confiança a fim de promover o envolvimento e a retenção no atendimento.

Globalmente, cerca de cinco milhões de adolescentes (15-24) vivem com HIV. A maioria deles fará a transição do atendimento pediátrico para o adulto nos próximos dez anos. A pesquisa e a compreensão dos desafios específicos relacionados à transição desenvolveram-se significativamente nos últimos 20 anos.

Leia aqui a matéria completa da Agência de Notícias da Aids.

Divulgação: UNAIDS
Share:

administrator